quinta-feira, 6 de novembro de 2008

Celebração

Os dois textos abaixo foram postados lá no meu myspace (www.myspace.com/donezine) em julho, mas reproduzo aqui também...


sábado, julho 26, 2008
Guitar Bands Brasileiras
Acho que estamos em período de comemoração. Lendo a notícia aí de baixo - a do National Indie Hits do Wry - me faz lembrar que há exatos 16 anos (foi de 25 para 26 de julho de 1992) eu assistia a meu primeiro show do Pin Ups, em Santos também.É um momento de saudosismo, sim. Mas talvez mais do que isso, de homenagem a um importante momento da história rock independente do Brasil. Como o Mário, frisou, importante saber os primeiros que vieram e abriram as portas para que hoje possa existir uma cena muito mais organizada e estruturada.Na mesma linha, Vagner Souza (ex-Concept/ Atual Supersad) está reunindo a história desse época. Começou com uma comunidade no orkut chamada Guitar Bands Brasileiras, onde quer reunir o máximo de nomes e músicas gravadas desse período, como por exemplo, Pin Ups, Killing Chainsaw, Cigarretes, Low Dream, Second Come, Mickey Junkies, brincando de deus, Snooze, Pelv..s, entre outras. Como ele defende, "essas são bandas anos luz à frente de tudo que é consumido neste país".Vagner acredita que essas bandas foram injustiçadas na época, exatamente por estarem a frente de seu tempo. Talvez ele tenha razão, pensando até em algumas críticas musicais que saíram na época. Lembro-me perfeitamente de uma publicada na revista Bizz, onde José Emílio Rondeau (como esquecer??) mencionava que Pin Ups e Killing Chaisaw eram cópias de bandas como Jesus and Mary Chain e My Bloody Valentine. É lógico que eram, mas e daí? Não tínhamos nada parecido no Brasil sendo produzido com essas características. Elas mereciam respeito e admiração somente por estarem tocando músicas próprias - diferente da maioria dos grupos de rock existentes na época -, com qualidade e muita coragem de estarem desbravando algo totalmente novo no País. Foram eles que brigavam nas casas de shows para darem espaço às bandas de rock independente. Hoje temos diversos, diversos bares, boates, espaços, seja lá como for, onde a cena rocker predomina, seja por shows, por discotecagens, festivais, ou outros tipos de eventos...
Se o momento é de saudosismo e para celebrar... então celebremos! Eles merecem.
12:44

sábado, julho 26, 2008
Notícias do Wry - National Indie Hits
NATIONAL INDIE HITS (o próximo álbum do Wry) - por Mário
Os últimos dois anos e meio foram uma loucura na vida do Wry. Entre a gravação do álbum Flames in the Head, com Gordon Raphael e Tim Wheeler; a última turnê pelo Brasil; os shows na Inglaterra; a gravação do Whales and Sharks, que colocou o primeiro lançamento oficial do Wry em lojas da Inglaterra, Estados Unidos e Japão; os shows de lançamento desse mesmo CD e ainda as novas gravações de um outro álbum ainda por vir no ano que vem, conseguimos nas horas vagas durante todo esse tempo gravar um disco de covers em homenagem as bandas nacionais que nos influenciaram na segunda metade dos anos 90 até pouco antes de virmos a Inglaterra.
Bandas Nacionais que nos inspiraram a formar o Wry como Low Dream, Killing Chainsaw, Pin Ups, brincando de deus e Pelvs. E bandas que nos influenciaram no decorrer daqueles primeiros anos, até mesmo no começo dos anos 00, como Vellocet, Sonic Disruptor, Snooze, Astromato, Walverdes, MQN, Biggs e Space Rave. Não tivemos tempo suficiente para gravar também outras pérolas do underground como Tods, Red Eyes, Butchers, Blemish entre algumas outras que citarei mais para frente, num texto oficial.
Foram até agora sete anos de Brasil e sete anos de Inglaterra; desde o nosso primeiro show em Santos em junho de 1994, muito coisa legal aconteceu e muitas dessas bandas estavam participando também. A maioria não existe mais. NIH servira como um documento e ainda como fonte para nossos fans conhecerem quem foram os pioneiros de tudo isso, do indie nacional, chegando hoje a bandas como Wry, CSS, Vanguart, Ludovic, entre outras.
Foi ouvindo Precious Love da Low Dream que pintou a idéia de regravar todas essas músicas. Num dia de emoção, eu explodi em alegria quando essa luz brilhou em cima de minha cabeça.Pois bem, esse álbum está gravado, mixado e masterizado. Devemos acertar a data de lançamento muito em breve...

4 comentários:

Gabriela Angeli disse...

Opa! Realmente preciso ter umas aulas contigo! Rs

Bacana, hein?

Beijos!

Done Zine disse...

Obrigada, Gabi! heheh. Leia a postagem de cima.. rsss beijos!

chiveta disse...

nossa, até Ludovic!

Ludovic é bom, mas ao vivo dá medo do vocalista!!!
;-)

Done Zine disse...

Ehh.. ele é meio nervoso... :)